:: Queer Catatonic Blog.:.Blog do DRe ::

Tudo o que vc queria saber sobre ser judeu, gay, neurótico e ainda por cima gostar de rock e tinha medo de perguntar...
:: Seja Bem-vindo ao Queer Catatonic Blog.:.Blog do DRe :: bloghome | contact | icq:73186544 ::
blogchalk: Andre/Male/21-25. Lives in Brazil/Niteroi/Barreto and speaks Portuguese. Spends 40% of daytime online. Uses a Normal (56k) connection.
[::..archive..::]
[::..quem sou eu..::]
:: 23 anos ::
:: judeu
:: economista ::
:: judeu ::
:: gay ::
:: judeu ::
:: M A L U C O ::
:: Ah, judeu de novo!!! ::
[::..meus links favoritos..::]
:: QUEERCORE em Portugues[>]
:: Tudo sobre o desenho Caverna do Dragao[>]
:: AtomFilms [>]
:: JPG's, GIF's, icones e tudo mais com temas felinos [>]
:: Clubber's hp [>]
:: Greatest Films [>]
:: Greta Garbo - The Ultimate Star [>]
:: Rapazinhos bonitos! [>]
:: Iraqi Jews - Home Page [>]
:: Karaite Jews of America [>]
:: Karaite Korner - History of Karaism [>]
:: Rhodes Jewish Museum [>]
:: Roteiros de alguns filmes [>]
:: Comunidades Judaicas ao redor do Mundo [>]
:: O Underground Carioca Online [>]
:: Silent Ladies and Gents[>]
[::..blogs que eu D-E-V-O-R-O (nao estao em ordem alguma)..::]
:: .../deeper in a void[>]
:: Sou gay mesmo e dai?[>]
:: Girlfriend in a Coma[>]
:: Rendam-se Terraqueos[>]
:: LEEL[>]
:: Almost Famous[>]
:: Pizzy[>]
:: O Quarto de Caliban[>]
:: Chega Mais[>]
:: InterstellaBurst[>]
:: Casa de Rosemonde[>]
:: LadyKiller[>]
:: AGORA NAO POSSO, TO COMENDO O MEU CHANDELLE[>]
:: Private Operation of Peter[>]
:: Mundo Paralelo[>]
:: tolos devaneios tolos, II[>]
:: ZenBrain - Apenas mais um?[>]
:: Paranoia Delirante[>]
:: supervixen[>]
:: Digital Garbage[>]
:: LuizHenrique.com - Acidez Mental e Estomacal[>]
:: a design for life (esse blog tem o mesmo nome que uma das minhas musicas favoritas do manic street preachers[>]
:: Zeed Futuro Zero[>]
:: [v-hold][>]
:: Beef Jerky![>]
:: Caos e Jujubas[>]
[::..O que eu mais ouvi essa semana..::]
:: Annie Lennox & Eurythmics ::
:: Catatonia ::
:: Blonde Redhead ::
:: B-52's ::
:: System of a Down ::
:: Atari Teenage Riot ::
:: Sonic Youth ::
:: Starsailor ::
:: Metro ::
:: Suzanne Vega ::
:: Skunk Anansie ::
:: Suede ::
:: Nw Order ::
:: Kylie Minigue ::
:: Pet Shop Boys ::
:: Macy Gray ::
:: Depeche Mode ::
:: Ramones ::
[::..O que eu andei assistindo na TV..::]
:: Will & Grace ::
:: Married with Children ::
:: That 80s show ::
:: That 70s show ::
:: Friends ::
:: The Nanny (minha favorita!!) ::
:: Queer as Folk ::
:: Progrmas do F&A, P&A e History Channel ::
:: Alguma coisa na MTV ::
:: muitos filmes na HBO e no Cinemax ::
:: As If ::
:: Os Normais ::
:: A Grande Familia ::
[::..Lugares onde vou..::]
:: Bunker ::
:: Nautilus ::
:: Cine Ideal ::
:: Loud! ::
:: Les Artistes ::
:: Galeria Cafe ::

:: quinta-feira, maio 22, 2003 ::

Bem, não se pode dizer que minha férias estejam sendo maravilhosas, inesquecíveis, sensacionais. Não. Está tudo muito simples, muito caseiro, sem viagens nem aventuras. mas estou gostando dos pequenos programas que tenho feito. Resolvi fazer pequenos percursos a cidades próximas onde eu pudesse ir e voltar no mesmo dia. É claro que a região mirada foi mesmo a região serrana. Primeiro foi Nova Friburgo e depois a dupla imperial Petrópolis e Teresópolis. Só digo uma coisa: uma delícia! Só o ar da região, aquele friozinho que faz mesmo quando o dia está sol, o verde que circunda as cidades, tudo contribui para que as horas passadas por lá sejam extremamente agradáveis. Nova Friburgo é um charme. Fui para lá pasando por outra cidade charmosinha, Cachoeiras de Macacu, que tem esse nome extamente por causa do Rio Macacu que desce da Serra de Macaé de Cima em direção à Baía de Guanabara e nessa cidade forma inúmeros poços próprios para banho e dezenas de cachoeiras. A cidade é pequena, as pessoas são pobres, simples mas cuidam bem de sua cidade. As ruas são limpas e o rio não é visto como depósito de lixo pelos habitantes e sim como uma benção, um patrimônio que deve ser preservado. Um exemplo para muitas cidades brasileiras. Bem, é a partir dessa simpática cidade que se sobe para a serra de Macaé de Cima, onde se localiza a cidade de Nova Friburgo, que assim se chama porque foi colonizada inicialmente por suíços-alemães do cantão de Friburgo. E a influência desses colonos se faz perceber de todas as formas, seja na loirice dos alunos da escolas estaduais que estavam saindo dos colégios e indo para casa na hor em que eu cheguei no centro da cidade, seja no nome dos bairros, como Perissê, Mury, Braunes, Salusse, Saglard, Tinguely, ente outros, seja na culinária, onde predominam os queijos e outros laticínios mas também as hortaliças, porque a cidade tem uma grande produção agrícola. Bem, adorei Friburgo. Nunca tinha ido ao centro da cidade, apenas em dois distritos distantes, Lumiar e São Pedro da Serra, famosos pelo ecoturismo e pelos esportes radicais. Já acampei ali algumas vezes e passei ótimos momentos. Mas o centro de Friburgo também é show! Pena que o rio Bengalas, que corta o centro da cidade, seja bastante poluído e que as obras de contenção de suas margens estejam paradas há séculos, fazendo com que os materiais usados na contrução se acumulem nas margens em alguns trechos. Cortesia do governo de dona Rosinha Garotinha que paralisou as obras e que fique tudo por isso mesmo.

Bem, alguns dias depois eu fui para Teresópolis e lá decidi visitar Petrópolis. Peguei um ônibus aqui na minha cidade, Niterói, para Magé e de lá para Teresópolis. A subida da serra entre Guapimirim, outra cidade pequena que fica no trajeto, e Terê é incrivelmente rápida. Menos de 20 minutos para se atingir a altitude de 1000m acima do mar naquela estradinha que serpenteia bonita pela serra e que em alguns pontos tem uma vista deslumbrante. Outro coisa deslumbrante é a vegetação exuberante de mata atlântica. Em Terê também tem muita araucária, uma árvore que eu considero particularmente bonita. Ah, o ônibus no caminho entre Magé e Teresópolis, entra no centro de Guapimirim. É uma cidade bem pequena e seu centro é bem simples, pobrezinho mesmo. Mas uma coisa me chamou atenção: um rio que atravessava uma parte do centro e que, ao menos nessa parte em que o vi, ainda tinha suas águas cristalinas. Cidades pequenas dando show em cima das cidades grandes. Em Terê, o que mais me agradou foi a limpeza e a beleza de suas ruas, em especial no trecho entre a Granja Comary, onde fica o Centro de Treinamento da Seleção Brasileira de Futebol, e o Centro. Eu já tinha visitado a cidade há vários anos atrás e fiquei impressionado com o grande número de novos edifícios residenciais nessas áreas. Mas nada que atrapalhe o trânsito, calmíssimo ou a vista. E falando em vista, QUE VISTA. De onde quer que se esteja, vê-se o Dedo de Deus, que, na verdade, fica no município de Guapimirim. Lindo de morrer. Ah, e mais uma vez tem que se falar do clima. O ar-condicionado natural que é aquele arzinho frio... DE-LÍ-CI-A. Bem, fiquei pouco tempo em Terê porque tive a ótima idéia de ir a Petrópolis e a viagem demora cerca de 1 hora e é um sobe e desce desgraçado. A estrada que liga Itaipava (distrito de Petrópolis) a Teresópolis é um perigo só. Não está em estado de calamidade pública mas um recapeamento e um asfalto novo não faria nada mal. Ah, mas tem uma coisa que faz valer a viagem a pena: a vista! Que se lembra do perigo da viagem quando pode ter aquela vista?? De tirar o fôlego!!

Em Petrópolis, andei pelas ruas do centro, comprei o guia de ruas e me prometi voltar o mais rápido possível para visitar com minha mãe, só que aí indo realmente aos pontos turísticos, visitando os museus, indo comer num bom restaurante em Itaipava, entre outras coisas. Ah, vi uma placa da prefeitura num trecho do rio Piabanha informando sobre o programa de limpeza dos rios da cidade (Petropólis é cortada por vários rios) com instalação de rede coletor de esgotos e construção de uma rede de tratamento. É, parece que o futuro está chegando. A serra dos Órgãos continua show!

:: Dre_do_Catatonia 4:50 da tarde [+] ::
...
Bem, eu conheci o Catatonia assim. Eu tava procurando novidades no audiogalaxy e de repente me veio na cabeça que eu gostava da musiquinha de abertura de Friends e coloquei lá na busca "Friends theme". Só vieram opções que tinham pessoas com poucos arquivos daquele online, então lá fui eu começar a procurar outros themes: Ally Mcbeal, Will & Grace, AbFab e cheguei no Arquivo X e digitei na procura Mulder & Scully e veio em primeiro lugar a música do Catatonia. Eu adorei o nome da banda embora eu nem me lembre o que seja uma pessoa catatônica e nem mesmo sei se o significado é o mesmo em português e inglês. Bem, mas peguei a tal música e isso foi em... se não me falha a memória em agosto de 2001. O grupo acabaria logo em setembro, mas eu me viciei. Aquela voz completamente diferente de tudo, como um tom quase infantil que soava desafiadora, rebelde. Amei. Se eu tivesse que inventar uma cantora seria Ceras Mathews, se eu tivesse que inventar uma banda seria o Catatonia. É claro que eu continuo idolatrando a Annie Lennox; meu altar continua aqui no meu quarto com velas, flores e tudo, mas meu coração é enorme e a Cerys ocupou o lugar dela lá. A identificação com a banda foi imediata. Existe alguma banda tão criativa no momento que fale de uma relação tão complicada que chega a ser caso p/ Mulder & Scully? Ou que fale de DNA e amor? Ou que tenha aquela voz maravilhosa? Porra nenhuma. Catatonia é tudo! Cerys é tudo! Tá bom, o Mark Roberts, guitarrista da banda, é o cérebro. É ele quem compõe a maior parte das canções e que define o caminho melódico da turma, mas a Cerys é a voz e o que é a música feita apenas de idéias e sem voz, sem som? Bem, pode ser qualquer coisa menos música! A combinação é genial. Era tudo o que eu queria que existisse em termos de música e EXISTE. Quer dizer, existiu. Fiquei tão chateado, aborrecido, de mal-humor, até grosso com as pessoas, coisa que detesto ser. Chorei pensando que não vou mais vê-los reunidos de novo, ainda choro e provavelmente vou chorar ainda mais. É como perder um ídolo porque mesmo que eles continuem no mundo da música estarão divorciados e o que deu tão certo foi o conjunto. Queria saber o que realmente provocou a dissolução da banda, se a Cerys brigou com o pessoal. Naquele Planet Rock, do Eurochannel, sobre a banda eu meio que senti nas palavras dela que a banda não iria mais continuar. Senti que ao menos ELA sabia que não iria mais continuar! Eles entraram na minha vida de maneira tão inesperada e encheram a minha vida da sua música, da sua poesia que eu sinto que eu merecia uma explicação melhor pelo rompimento. Eu respeito a privacidade dos meus ídolos, não sou leitor de nenhum tablóide de fofocas, não compro a Caras, mas eu queria uma explicação. Bem, o fato é que eles acabaram e o que temos daqui em diante são o passado deles. C'est la vie. É assim com eles, com o Skunk Anansie, com a Cássia, que se foi, com o Siouxsie and the Banshees, com o Smashing Pumpkins e com tantas coisas legais que já surgiram na música. Porque a felicidade não dura p/ sempre? Ó, D'us!!


P.S.: Dá para notar a mudança que a banda fez na minha vida mesmo não me conhecendo antes, né? Afinal o nome do blog, o meu apelido (Dre - Catatônico), etc.

:: Dre_do_Catatonia 4:46 da tarde [+] ::
...
:: quarta-feira, maio 14, 2003 ::
No dia 23, eu e Luciana vamos assistir à Tosca no Municipal. Lá em cima na Galeria, of course, mas durante o espetáculo, é óbvio que vai rolar uma operação descendo para o balcão...

:: Dre_do_Catatonia 10:36 da manhã [+] ::
...
Gente, aconteceu uma coisa totalmente inusitada. Eu, um anti-celular convicto, agora carrego um de lá para cá e de cá para lá! Minha mãe comprou, me deu e disse que não aceitaria devoluções, uma vez que eu já tinha devolvido um anteriormente! Bem, não está nem tão difícil assim andar com o dito cujo por aí. Sim, ele tira a sua privacidade muits vezes mas tb facilita a vida muitas vezes. O cômputo geral é positivo, acredito.

:: Dre_do_Catatonia 10:36 da manhã [+] ::
...
:: terça-feira, maio 06, 2003 ::
Bem, Bunker já era por enquanto e eu fui na última sexta. Não tinha lounge que já estava em obras e o som tava muito bom. Adorei. Bem melhor do que num sábado que eu fui aê e o Amândio simplesmente tranformou a pista principal em boite gay tocando todos aqueles remixes de pseudo-divas histéricas. Ah, e nem tocou nenhuma Cher, a única que eu gosto, aliás, adoro e que é a mis gay de todas! hehehe

:: Dre_do_Catatonia 12:11 da manhã [+] ::
...
Bem, estou de volta a comida sólida. Como é bom mastigar!!! hehehehehe E estou de volta a internet, mas com moderação porque minha conexão é discada e eu não quero ter que daqui a pouco pegar empréstimo ao agiota para pagar conta telefônica. Mastigar, como é bom! Bem, não tenho postado com muita frequência e tenho deixado de falar aqui sobre tantas coisas que têm acontecido... A morte, por exemplo. Muita gente boa tem morrido neste ano. Joe Strummer, Nina Simone, Mauro Rasi. 2003 está parecendo ser daqueles anos severos com o mundo das artes. E como é difícil se acostumar com o passamento de gente assim. Hoje mesmo eu procurei logo o Segundo Caderno do Globo para ler a coluna do Rasi que, obviamente, não estava lá e não estará mais. É... Essa gente se vai e tanta gente ruim fica... E o Rio de Janeiro? Sair de casa, não pode! E governo agora é coisa da família Garotinho. Nem mais tomar banho de mar se pode, porque os tubarões resolveram aparecer. Se bem que eu não vi ninguém sendo atacado por tubarão nenhum. Tudo o que vi foram banhistas selvagens atacando um tubarão que estava no habitat dele e numa praia em que os salva-vidas já haviam avisado os banhistas sobre a existência de perigo. E depois o bicho é que é selvagem...

:: Dre_do_Catatonia 12:07 da manhã [+] ::
...

This page is powered by Blogger. Isn't yours?